Quarta-feira, 05 de Agosto de 2020
 
Ex.: vendedor, balconista e etc.
 
Retrospectiva no Projeto Mulheres da Paz
Foto: Evidência RH

                 O Projeto Mulheres da Paz, de iniciativa do Programa Nacional de Segurança Pública com cidadania (Pronasci), em convênio com a Prefeitura Municipal de Guaíba/RS e executado pela Evidência RH  nos bairros COHAB e Santa Rita, denominados Territórios da Paz, realizou no dia 27 de novembro de 2012, uma retrospectiva do Projeto, visando dar conhecimento às mediadoras sociais sobre as atividades desempenhadas durante os 12 (doze) meses de duração bem como apresentou os resultados alcançados diante do cumprimento das metas estabelecidas junto a comunidade.

 

          O evento contou  com a participação das Mediadoras Sociais e da imprensa local, sendo prestigiado pelos  Jornalistas  dos Jornais O Guaíba e Cidade, e com a intervenção direta da Rádio Jovem FM, 87.9, com uma programação especial voltada para as Mulheres da Paz, com entrevistas realizadas pelo diretor da rádio Walter Lopes. Durante a programação da rádio, foram colhidos vários depoimentos emocionados das Mediadoras Sociais, falando com entusiasmo sobre as situações vivenciadas junto à comunidade e lamentando pelo término do Projeto Mulheres da Paz no município.

 

O encontro foi dirigido pela Secretária de Assistência Social, Luciana Kubiaki, com a participação da equipe da empresa Evidência RH formada pelos colaboradores Leonardo da Rosa Furtado (Sociólogo) , Cilon Cezar (Advogado), Nicyele Domeneghini Rigo (Psicóloga), Graziele Lincke Machado (Assistente Social) e Tatiana Ávila (Coordenadora Pedagógica).

 

A programação do evento foi aberta às 14 horas pela Secretária de Assistência Social Luciana Kubiaki, conversando com as Mediadoras Sociais sobre o valor delas na comunidade, destacando o trabalho que foi desenvolvido, a importância do Projeto para a sociedade Guaibense, alertando-as de suas responsabilidades em manter sempre ativo o aprendizado recebido no curso de capacitação do projeto Mulheres da Paz em temas como ética, direitos humanos, cidadania e conclamando para que todas continuem agindo como multiplicadoras do projeto, em favor da comunidade.

 

Logo a seguir, o Coordenador do Projeto Márcio Bilhalva Laguna, deu continuidade as apresentações falando sobre as metas mensais que foram desenvolvidas pelas Mediadoras Sociais.

 

Na sequência, a Administradora Tais  Eitelwein relatou como foi realizada a implantação do Projeto Mulheres da Paz no  território pacificado; a seleção e contratação da Equipe Multidisciplinar pela empresa Evidência RH; como foi realizada a divulgação do projeto junto a comunidade; os contatos pessoais realizados junto as Escolas dos bairros COHAB e Santa Rita e centros comunitários, publicações através da mídia e a realização de planfletagem, com o intuito de dar conhecimento do Projeto Mulheres da Paz, com o objetivo de buscar o apoio e a aproximação da comunidade.

 

O Sociólogo  Leonardo Furtado, apresentou cada atividade ocorrida durante o Projeto Mulheres da Paz, em que tiveram participação as Mediados Sociais, bem como demonstrou estatisticamente todos os resultados alcançados; quantos domicílios foram visitados; quantidade de pessoas que foram atendidas nas áreas do Direito, Psicologia e Assistência Social e quantos encaminhamentos foram realizados durante o período de janeiro a outubro de 2012, exultando o êxito do Projeto Mulheres da Paz e o resgate da cidadania proporcionado aos bairros pacificados.

 

            Após essa explanação, visando proporcionar um momento de descontração entre as Mediados Sociais, foi apresentado um vídeo/fotos, relembrando os momentos especiais vividos pelas mesmas, tendo como fundo musical a música Mulher,  do compositor Erasmo Carlos,  escolhida por elas quando da formatura do curso de capacitação. Foi um momento impar que emocionou a todos os presentes, abstraindo risos, aplausos e lágrimas, notadamente quando ao visualizarem a imagem da Mediadora Social Darlene Oliveira, falecida em abril de 2012.

 

            O próximo encontro das Mulheres da Paz será na formatura no dia 13 de dezembro. Sem dúvidas, a atuação das Mediadoras Sociais ao longo dos 12 meses de trabalho no Território de Paz deixará frutos para a comunidade. Parabéns a todas as Mulheres da Paz que fizeram a diferença na Cohab e Santa Rita!

04/12/2012
Fonte: Evidência RH