Sábado, 28 de Março de 2020
 
Ex.: vendedor, balconista e etc.
 
Projeto Público auxiliará haitianos na comunicação
Foto: Prefeitura de Flores da Cunha

No fim do ano passado a prefeitura de Flores da Cunha optou por concretizar o projeto Comunicação e Cidadania, desenvolvido pelo Centro de Referências de Assistência Social (CRAS), que visa auxiliar os haitianos que vivem na cidade a se comunicarem em português.

A proposta é que o curso seja dividido em ciclos de três meses com o máximo de 40 alunos por trimestre.

O curso tem caráter socioeducativo e não equivale a nenhum nível de educação formal, já que consiste em atividades culturais e principalmente de conversação.
 

A partir do ano de 2014 a prefeitura conta oficialmente com o trabalho do profissional da Evidência Recursos Humanos, o haitiano Johnny Lazardi, 41 anos, que fará o 'meio de campo' entre o professor responsável pelas aulas, Diego Mondadori (Evidência Recursos Humanos), e os alunos.

Lazardi é formado em Administração e Hotelaria Turistica e fala fluentemente português, francês, espanhol, inglês e crioulo haitiano.

As aulas acontecem uma vez por semana das 19h às 22h na Escola Leonel de Moura Brizola. Nas terças-feiras o curso é para alunos iniciantes e nas quartas-feiras para os avançados.

19/05/2014
Fonte: Prefeitura de Flores da Cunha/Evidência